Resenha: "Estilhaça-me" – Tahereh Mafi

Uma sinopse de arrepiar, uma contracapa de conquistar e um título de arrasar. Infelizmente, “Estilhaça-me” fica só nisso. Uma promessa mal cumprida, uma propaganda incrível de algo ruim.  De cara, as semelhanças com Jogos Vorazes [Suzanne Collins] e Destino [Ally Condie] são perceptíveis. Sociedade futurista, miserável, comandada por pessoas não tão boas e aquele bla bla bla todo.
A historia gira em torno de Juliette, a garota que tem o poder de ao tocar alguém, matar. De inicio, a confusão mental de Juliette é muito bem retratada por Tahereh Mafi, que utiliza artifícios matemáticos e a repetição de palavras para mostrar tudo isso. O risco em cima das palavras que a personagem falava e não dizia também eram muito bons, mas sumiram com o desenrolar da historia.
O que acontece? Juliette fica nas mãos do “Restabelecimento”, a nova organização da sociedade, sob o comando de Warner, cujo personagem poderia ter sido muito mais participativo, já que Mafi dá margem para uma historia de criação comovente, em relação aos pais dele, algo que ele terá em comum com Juliette.
Para salvá-la do Restabelecimento existe Adam, um militar que acredita que Juliette não é uma pessoa ruim e faz de tudo para ajudá-la. Não preciso dizer que o romance se desenvolve aí, certo?  Logo Juliette passa por uma transformação mental e você consegue perceber gradativamente a personagem dela se livrando de um peso imenso de seu passado  – você terá de ler para descobrir o que aconteceu – e percebendo que ela pode, sim, ser uma pessoa normal.
Em certo ponto, você conhecerá o fofo James [que deveria ter aparecido mais] e muito rapidamente você será levado para capítulos inexplicavelmente parecem com X-Men. Isso mesmo, as comparações não podem deixar de existir, porque as referencias estão ao longo do livro inteiro. Lendo, é impossível não pensar “acho que já li isso antes”.
Entretanto, apesar de todas essas criticas, o mundo da literatura foi agraciado com mais uma heroína, mais um mocinho guerreiro e bons artifícios com relação ao texto, seja riscado, seja repetitivo ou de outras formas. Isso serviu para que o leitor entendesse o que se passava com a narradora.
Para “Estilhaça-me” de Tahereh Mafi, publicado no Brasil pela Novo Conceito, dou 2 pipocas!
 E você? O que achou do livro? O que está lendo no momento?
@carlammenezes
@livrospipoca

Advertisements

Semana Literária

Olá, bookaholics! Venho dizer que estou de volta, finalmente – dessa vez é sério! – pós Semana Literária e no final de uma leitura chata de “Estilhaça-Me” da Tahereh Mafi. 

A Semana Literária é um evento organizado pela minha professora de Português, onde cada turma do 2ºano recebe a tarefa de adaptar para o teatro uma obra do Romantismo. Tivemos contos como Gennaro, A Dança dos Ossos e histórias como A Cartomante,  Cinco Minutos e a Viuvinha. A minha turma ficou com a árdua tarefa de montar “A bolsa de seda” de Joaquim Manuel de Macedo. O título virou “O Lenço de Seda” e acho que nunca me diverti tanto fazendo alguma coisa nessa escola! 

De repente viramos responsáveis por financeiro, divulgação, iluminação, sonoplastia, roteiro e elenco, e posso garantir: montar um espetáculo não é nada fácil. Procurar músicas que se encaixassem na história, descobrir o que deveriamos mantar do livro e o que deveriamos tirar, fora o que poderiamos fazer para tornar a história ainda mais atraente. Ufa! Cansei só de digitar! O trabalho durou 2 meses e Quinta-Feira da semana passada, 17 de Maio, finalmente nos apresentamos. Demos risadas ao ultrarromântico, colocamos música no que se considera depressivos e… demos um show! Queria que todos vocês tivessem tido a oportunidade de assistir. Ou fazer parte. Incrível e inesquecível. 

Mas a Semana Literária acabou e eu não consegui terminar de ler Estilhaça-Me. Gente, comprei o livro tão animada com aquela sinopse de arrasar e capa maravilhosa… Infelizmente, a história se mostrou uma escrita ruim, uma versão um tanto decadente de Destino [Ally Condie] e Jogos Vorazes [Suzanne Collins]. Enfim, assim que eu terminar de ler, trago para vocês a resenha, e, quem sabe, essas últimas páginas não me fazem mudar de ideia?

E vocês, o que estão lendo no momento?

YAY! O blog está de volta!

Hello bookaholics! O blog finalmente está de volta e cheio de coisas para vocês! Mais resenhas em vídeo estão por vir, uma olhadinha na minha pobre estante de livros também poderá acontecer e as críticas do cinema virão com tudo nessa nova fase do Livro & Pipoca! Espero que vocês não tenham me abandonado. Mesmo. 

Sinto muito por todas essas semanas em que não atualizei o blog, mas estava tudo uma loucura e não adiantaria de nada eu vir aqui, escrever qualquer coisa, postar e pronto! Não! Vocês merecem o melhor 🙂 Estou atravessando/estava uma fase onde a leitura não estava fluindo, por mais que os livros fossem bons – resultado de algumas semanas tendo que ler obras rebuscadas de José de Alencar, quem nunca? 

Primeiro, eu preciso perguntar: O que vocês acham das fanfics, fics e etc? Já leram alguma? Leem? Já escreveram? Me contem aqui embaixo, porque esse vai ser o tema do meu post de Domingo!