Resenha: Fazendo Meu Filme 3

Olá, bookaholics! Sei que ando bastante sumida, mas precisei voltar para dividir com vocês toda a emoção de Fazendo Meu Filme 3. Vocês sabem que a minha admiração pela Paula Pimenta não é recente, e provavelmente acompanham meus tweets desesperados quando ela vai a Fortaleza e eu não estou lá. O porquê disso tudo? Simplesmente, Paula Pimenta é uma das melhores autoras cujos livros já passaram por minhas mãos – e olhe que não foram poucas! Aqui no Ceará diríamos “pago pau” para ela, no sentido de que sim, eu não me canso de elogiá-la. 

Fazendo Meu Filme 3 foi provavelmente o livro mais longo que li num menor espaço de tempo. Cheguei super tensa de 6 provas do colégio, e me deparei com o livro em cima do meu birô – meu aniversário foi Terça-feira e eu me dei de presente. Não tive dúvidas de que a narrativa de Paula me livraria de toda a tensão. E estava certa. Em 6 horas e alguns minutos, eu já tinha terminado o 3º livro da saga de Estefânia Belluz em sua volta da terra da Rainha, na condição de vestibulanda e de namorada mais sortuda do mundo por ter o dono mais fofo das covinhas mais fofas do mundo inteiro. 

Sim, meus caros. Leo consegue ficar mais perfeito que nos livros anteriores – como isso foi possível? A mágica de Paula é responsável. Com 18 anos, entrando na faculdade, aprendendo a dirigir, enfrentando as mudanças que vêm com o amadurecimento e as dúvidas entre qual curso escolher. 
Natália, Gabi e Ana Elisa estão de volta, prometendo adicionar na trama muito romance, confusões, crises de ciúmes e inclusive uma tragédia! Sim, não são poucos os momentos em que você sentirá sua garganta apertada e algumas lágrimas teimosas escorreram em seu rosto. 

Se você pensou que ao voltar do intercâmbio tudo ficaria perfeito para que Leo e Fani finalmente se acertassem, se enganou. Ela, naturalmente, volta da Inglaterra diferente, mais madura, cheia de experiências novas, pessoas novas, uma cultura nova. Isso não é fácil para as pessoas que ficaram no Brasil, pois elas continuam exatamente as mesmas. Será que Fani conseguirá mostrar que sua essência continua a mesma? 

Um personagem promete voltar e abalar o romance entre Leo e Fani. Não só um, mais dois personagens. É aí que – para mim – Paula consegue o que muitas outras autoras nunca conseguiram: mostrar que ninguém é perfeito. Mostrar que não existe somente uma mocinha boba, um mocinho tosco e uma historinha de amor. Ela consegue provar que todos nós temos defeitos, que um dia ou outro iremos vacilar, e o pior de tudo – isso pode nos custar um grande amor e até mesmo a maior oportunidade de crescer na vida. 

As citações de filmes e o vício de Fani em Cinema vêm com tudo em FMF3, além de uma maior exploração do amor fraternal de Fani – você verá um Inácio incrível! 

Muitas confusões, emoções, mal-entendidos, romance e sedução – sim, sedução! Em FMF3, já crescidos, Fani e Leo demonstram seus hormônios à flor da pele, substituindo os beijinhos por sessões de amasso que esquentam o livro! – fazem do livro uma leitura OBRIGATÓRIA! 
                                           
                           
Para Fazendo Meu Filme 3, de Paula Pimenta, dou 5 pipocas!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s