Resenha: Fazendo Meu Filme 4

Existem certas coisas na vida que queremos guardar para sempre. Seja nossa primeira Barbie, a primeira prova da escola, o 10 sofrido em Matemática, uma nota excelente de Redação daquela professora tão exigente, o papel do chocolate que o seu “amigo” te deu…

Fazendo Meu Filme é uma série sem restrições. Não importa se você é menino ou menina, adolescente ou adulta, porque uma coisa é certa: você vai se apaixonar e em determinado momento você vai se identificar com algum personagem. Cada um deles é construído criteriosamente por Paula Pimenta, fazendo com que todos sejam especiais de sua forma. A ciumenta e doce Gabi, a louca e engraçada Natália, a fofa Ana Elisa, a alucinada Tracy, a paranoica Cristiana, a adolescente em transição Juju – JU! – o atencioso Inácio, a viciada em séries Priscila e o fofo Rodrigo. 

A história não seria a mesma sem todos eles, porque Paula tem o dom de encaixá-los perfeitamente de modo que cada um, de alguma forma, participe e tenha um papel chave na história. Porque não falar do cuidadoso João Otávio, que como todo pai sempre tenta fazer o melhor pela filha – e deixou o enredo bem mais emocionante a partir de certa coisinha que ele fez. Enfim, cada peça desse quebra-cabeça fantástico que é Fazendo Meu Filme (todos eles!) é inesquecível.
Por falar em coisas inesquecíveis, como não falar das citações dos filmes e das músicas? Escolhidas com paixão, caíram como uma luva nos momentos mais emocionantes e intrigantes dos livros. A maravilhosa Linda, da banda No Voice, e até mesmo uma criada por um personagem em especial… Não há como não gostar. FMF mexe com os nossos sentimentos, com os nossos erros, medos e acertos. Lembra-nos o que realmente importa nesta vida, e o que não podemos deixar para trás.

FMF trouxe o meu olhar de volta para a literatura nacional, em sua maioria sempre tão séria, tão “cabeça” que esquece às vezes o quanto é bom sonhar, ter amigos, estar com a família e porque não, encontrar um amor. Não qualquer amor, mas “o” amor. Daqueles que fazem seu coração parecer uma bateria de escola de samba e suas pernas tremerem a ponto de você achar que pode cair a qualquer momento. Um amor que estrutura e ao mesmo tempo desestrutura, um amor que balança, envolve, toma conta do seu dia e da sua noite através dos sonhos. Um amor que nem o tempo, nem a distância pode apagar – mesmo que inúmeras barreiras, mal-entendidos e outras pessoas apareçam -.

Não faltam momentos e circunstâncias para que as lágrimas surjam. Decisões que podem mudar a vida, palavras ditas e jamais esquecidas, atos impulsivos, em suma, a realidade que nos cerca está presente nas páginas destes quatro livros fantásticos. Sim, Carla, mas onde está a resenha de Fazendo Meu Filme 4? Bem, vamos lá.

FMF4 é o desfecho da história de Fani, que como você já deve saber dos outros livros, percebeu que o melhor amigo, Leonardo Santiago, era apaixonado por ela quase no momento em que ia embarcar para um intercâmbio de um ano na Inglaterra. Este foi apenas um dos muitos obstáculos que o casal passou (Paula faz com que não só seus personagens sofram, mas nós leitores também! Malvada!) até o momento em que Christian, quem Fani namorou na Inglaterra, oferece a realização de todos os seus sonhos. Uma bolsa de estudos em Hollywood. Viciada em filmes, aspirante a cineasta, Fani agarrou a oportunidade e é aí que FMF4 começa.

Sua host sister Tracy resolve se mudar para a Califórnia também – por estar namorando um americano – e as duas começam a dividir um apartamento na terra do Cinema, Los Angeles. A cidade e seus cartões postais são palco dos dramas e conquistas de Fani, que agora, já cursando Cinema, consegue um novo amigo – o divertido Alejandro – que será companhia da garota (agora mulher!) em Hollywood, assim como Christian e Tracy.
Fani logo mostrará que não está ali de brincadeira, conseguindo estágios e até um emprego maravilhosos – além de alguns americanos e até um brasileiro que apareceram para “alegrar” a vida dela. Apesar de todos eles e o arrasa-corações Christian, Leo ainda tem um pedaço especial no coração da mineira.

“Não tenho tido tempo para muita coisa além de viver. Sim, é isso que eu tenho feito aqui: viver. Tenho vivido muito. Intensamente. Cada um dos meus dias. Mas ocasionalmente ainda lembro de você”.

Como Fani vai ter sua vida completamente mudada em um país diferente, com pessoas novas e a chance de se tornar uma grande cineasta, você só saberá lendo o livro. Uma coisa é certa: Fani não vai deixar de ser a Drama Queen chorona de sempre, que gostamos tanto!

“Senti uma lágrima correr pelo meu rosto, fechei os olhos e deixei que o sono me embalasse. […] Eu só esperava que, ao acordar, eu conseguisse fazer tudo voltar a ser como era antes”.

Dona Cristiana vai conseguir o que quer, fazer com que Fani fique com Christian? O que vai ser da amizade de Gabi, Natália e Fani? E o Leo? Cadê o Leo? PELO AMOR DE DEUS, CARLA, ME DIZ CADÊ O LEONARDO SANTIAGO!!!
Prepare-se para momentos que farão até o SEU coração parecer uma bateria de escola de samba. Esteja pronta para ter os SEUS sonhos invadidos por um apaixonante romance digno de Hollywood – mas que pode ter um final não tão feliz assim. Afinal de contas, 5 anos se passaram, muita coisa mudou, os mundos são completamente diferentes e muitos amores surgiram.

“Porque eu sei que, a cada trilha sonora que eu montar, vou me lembrar dele. E essa foi a forma que eu encontrei de ter essa pessoa que me ensinou coisas tão valiosas sempre junto de mim”.

Se o amor de Leo e Fani será capaz de suportar isso tudo, sendo um amor real… bem, isso você também vai ter que ler para saber. Quantas vezes não já nos pegamos lendo/assistindo casais incríveis, mas que a realidade chega e acaba com tudo? O amor dos dois será mais forte? Christian vai lutar por sua amada? Ele vai ter uma nova chance com Fani? Ela ficará balançada por tudo que ele proporcionou na vida dela?

O que eu posso garantir é que você não vai se decepcionar. O que acontece tem uma explicação, é bem real e ao mesmo tempo te faz sonhar. MESMO. Fazendo Meu Filme 1,2,3 e 4 é definitivamente algo que eu quero levar comigo para sempre. Algo que vai me ajudar quando eu estiver com meu coração partido, quando eu achar que meus sonhos não podem se realizar ou até mesmo quando eu pensar que tudo está perdido. Porque FMF tem o poder de te mostrar que as coisas podem sim dar certo, e que se não deu é porque algo melhor te espera lá na frente – mesmo que para isso existam 3 livros de distância!

Paula Pimenta se tornou uma inspiração para mim. Assim que fechei o livro, disse a mim mesma: eu quero fazer as pessoas se emocionarem assim. Eu quero ser mágica também! Sim, porque essa leitura é pura magia, e você não deveria deixar de se permitir ser contagiado.

Para Fazendo Meu Filme 4, dou 5 estrelinhas!
Ou melhor, 5 baldes GIGANTES de pipoca!

                                   
               
P.S: quero logo o filme de FMF!!! 



Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s