Resenha: Percy Jackson e o Mar de Monstros

ImagemAcabei de voltar do cinema, após a melhor surpresa de todas: Mar de Monstros nada tem a ver com a    maneira como conduziram Ladrão de Raios. Ufa. Nada daqueles efeitos baratos, história sem nexo,      desrespeito total ao livro, não, nada disso! Dessa vez funcionou! E saí de lá muito, muito feliz.

Percy Jackson se vê num conflito existencial: será que é realmente forte, será que é realmente bom    ou só teve sorte e por isso conseguiu salvar o Olimpo na sua aventura anterior? É essa questão que dá  origem a história de Percy Jackson e o Mar de Monstros.

Sempre tentando contato com o pai, o deus dos mares Poseidon, e sem obter respostas, Percy está chegando a conclusão de que não é um heroi e só conseguiu o feito anterior porque Annabeth e Grover estavam ao seu lado. No meio dessa confusão mental, Percy recebe um presente – ou não -, vindo de Poseidon, que deixará a história mais fofa e mais bonita: seu meio irmão Tyson. E ele não é semideus. É um ciclope. Você já consegue imaginar como todos irão reagir ao descobrir que Percy, além de não ser o único filho de Poseidon, deve dividir a honra com um… ciclope?

percy1

A barreira mágica que protege o Acampamento Meio-Sangue é rompida e uma nova profecia surge. Com isso, o acampamento corre perigo e a vida dos semideuses também. É claro que Percy, Annabeth e Grover não vão ficar sentados esperando alguém salvar o dia (e suas vidas), e por isso saem numa missão em busca do Velocino de Ouro, que é capaz de trazer de volta à vida tudo e qualquer coisa. O que eles não contavam é que estariam acompanhados nessa busca, por alguém cujas intenções não eram tão boas quanto levar o Velocino de Ouro de volta ao acampamento, reavivar a árvore protetora e salvar a todos.

Imagem

Os efeitos são incríveis (principalmente se comparados aos do primeiro filme), os atores são bons e realmente convencem. O que você vai ver de diferente nesse filme? Os semideuses tem tablets. Sim, tablets! Muito mais humor – palmas para as cenas do Senhor D., e profundidade nas relações familiares. Sim, familiares, porque a relação de Percy e Annabeth infelizmente não é explorada romanticamente nesse filme – assim como não é muito clara nesse livro. Você vai se emocionar com as cenas entre Percy e Tyson, garanto!

Imagem
O que levarei de Percy Jackson: Mar de Monstros? Que devemos acreditar no nosso potencial, jamais duvidar de quem somos. Que família erra, assim como todo mundo. E que não importa o que aparentamos ser, como nos veêm. O que importa é o que realmente somos.

p.s: Os primeiros minutos do filme (que é em 3D) realmente te fazem achar que está no fundo do mar. É lindo!
Para Percy Jackson e o Mar de Monstros, dou 4 pipocas. Só porque eu acho que faltou romance! E romance é vida, haha.Resenha: Um Homem de Sorte - Nicholas Sparksficha

Advertisements

E se as Princesas da Disney tivessem Instagram?

Paula Pimenta (Fazendo Meu Filme) e Patricia Barboza (As Mais) compartilharam esse link no Facebook e eu não pude deixar de trazer para vocês. Já se perguntaram como seria se as princesas da Disney tivessem instagram? O site http://www.bforbel.com/2013/08/bforbel-original-disney-princess-instagram.html tem a resposta! E com uma dose incrível de humor.

A Branca de Neve arriscou uma selfie, sem maquiagem e sem filtro! Ela pode! Só a Branca de Neve para ter o poder de postar uma foto linda, dormindo esem maquiagem! 

Imagem

@BrancaDeNeve #SemMaquiagem #SemFiltro #Selfie

A Cinderella apostou num Look do Dia fantástico, assim como aquela sua amiga it girl e as blogueiras famosas fazem! Arrasou!

Imagem

Nas Quartas-Feiras vestimos rosa! #LookdoDia #Vestido #Estilo

A Rapunzel fez algo que ninguém deveria fazer: se você quer que seus pais não saibam, não poste no Instagram! 

Imagem

Saindo da torre pela primeira vez. Nervosa, mas tão animada! #VidaFinalmenteComeçando

A Bela fazendo inveja a todas as bookaholics e postando sua biblioteca nova! Inveja sim, Bela!!

Imagem

Minha nova biblioteca! Inveja demais? Obrigada @Fera #livros

A Tiana postou algo que em determinado momento (com certeza) já postamos ou vimos alguém postar! COMIDA! #InstaFood

Imagem

Fazendo meus favoritos beignets franceses. #ComidaDoInsta #Hum #Delícia

Quem nunca viu ou postou foto de comida no Insta? Princesas também fazem isso! 

Você se parece com alguma Princesa na maneira de postar no Instagram? O blog tem um insta! @livroepipocablog . A blogueira que vos fala tem plena consciência de que parece com uma certa princesa ao tratarmos de assuntos das postagens! Qual delas você acha que é? 

Teen Choice Awards 2013

Imagem

O Teen Choice Awards 2013 aconteceu ontem, 11 de Agosto, em Los Angeles, nos Estados Unidos. Como toda boa premiação teen, a galera da Disney estava em peso (e senti falta do pessoal da Nick, como a Victoria Justice), e os ex-Disney também.

A véspera da premiação foi bastante tensa, pois Lea Michele anunciou que faria sua primeira aparição após a morte do namorado e colega de elenco em Glee, Cory Monteith. Toda a expectativa pairava sobre haver ou não uma homenagem a ele, tendo em vista que a premiação é da FOX, e é esse o canal que exibe Glee.

Tensões à parte, a noite iniciou com um esquisito One Direction, sem aquela interação tradicional dos meninos. Zayn parecia estar lá por pura obrigação, Niall estava perdido, assim como Louis, e os únicos que pareciam estar se divertindo eram Liam e Harry. Best Song Ever foi a escolhida para dar um gostinho do que veremos nos cinemas em This Is Us, o filme do 1D.

O 1D levou as categorias de Grupo Musical, Turnê de Verão, Single por Live While We’re Young e Música Romântica por Little Things (p.s: vocês sabiam que foi o Ed Sheeran quem compôs esta música?).

Harry Styles não chamou atenção somente quando estava no palco. Os apresentadores Darren Criss e Lucy Hale o chamaram para fazer o “twerk” (se você teve paciência para assistir ao novo clipe da Miley Cyrus, sabe do que estou falando).


Uploaded with ImageShack.us

 

sel

Selena Gomez (sem Justin, só para constar) ganhou na categoria “melhor música de fim  de namoro”, com Come and Get It. Pois é, não faz sentido. Essa música não tem a ver  com final de namoro. E TAYLOR SWIFT concorria nessa categoria. Como podem não  premiá-la numa categoria MELHOR MÚSICA DE FIM DE NAMORO?

Imagem

Troian Belisario também não curtiu.

Nick Jonas… bem, é Nick Jonas.

selenanick

 

 

 

 

 

 

 

 

Rolou imitação do Ian Somerhalder, feita pelo Darren Criss…

Imagem

E Glee ganhando por melhor série de comédia. Fazendo todo mundo chorar, claro. Homenagem, homenagem, não rolou. Mas Lea Michele surgiu para agradecer sua prancha de melhor atriz e não houve quem não deixasse lágrimas rolarem ao assistir a intérprete de Rachel dedicar o prêmio a Cory Monteith.

Imagem

Harry Styles se emocionou

Imagem

Pitch Perfect levou 4 pranchas, incluindo atriz e ator de comédia para Rebel Wilson (com sua roupa de surfista) e Skylar Astin.

Demi lovato levou a prancha de voz feminina para casa e cantou Made In The USA, com Nick Jonas na bateria. Ele recebeu um prêmio pela suas ações relacionadas ao Diabetes (ele sofre do tipo 1).

Essa é a lista das principais categorias e seus vencedores:

Choice TV Show, Drama: Pretty Little Liars

Choice Summer TV Show: Pretty Little Liars

Choice Summer TV Star, Female: Lucy Hale, Pretty Little Liars

Choice Summer TV Star, Male: Keegan Allen, Pretty Little Liars

Choice TV Actress, Drama: Troian Bellisario, Pretty Little Liars

Choice TV Actor, Drama: Ian Harding, Pretty Little Liars

Choice TV Villain: Janel Parrish, Pretty Little Liars

Choice TV Comedy: Glee

Choice TV Breakout Star: Blake Jenner, Glee

Choice TV Scene Stealer, Male: Chord Overstreet, Glee

Choice TV Actress, Comedy: Lea MicheleGlee

Choice Sci-Fi/Fantasy Show: The Vampire Diaries

Choice TV Actor, Sci-Fi/Fantasy: Ian Somerhalder, The Vampire Diaries

Choice TV Actress, Sci-Fi/Fantasy: Nina DobrevThe Vampire Diaries

Choice Action Show: NCIS: Los Angeles

Choice TV Actor, Comedy: Jim Parsons, The Big Bang Theory

Choice Summer Music Star, Female: Selena Gomez

Choice Female Artist: Demi Lovato

Choice Male Artist: Justin Bieber

Choice Single By A Female: “Heart Attack,” Demi Lovato

Choice Single By A Male: “Beauty And A Beat,” Justin Bieber

Choice Rock Group: Paramore

Choice Summer Song: “We Can’t Stop,” Miley Cyrus

Choice Breakout Group: Emblem3

Choice Summer Music Star: Bruno Mars

Resenha: Footloose – Ritmo Contagiante

foot2
Todo fã de musicais e todo cinéfilo de plantão já assistiu Footloose com Kevin Bacon algumas dezenas  de vezes. E como todo filme que deu muito certo no passado, um remake foi anunciado. Houve muita  confusão antes das gravações desse filme. O papel era de Zac Efron (naquela época, ele havia acabado de  filmar High School Musical 3), e com toda a pressão em cima dele do tipo “será que ele é só uma carinha  bonita? Será que é só um dançarino?”, ele acabou desistindo, para optar por papeis mais dramáticos, como  no filme Eu e Orson Welles. Quando Zac saiu, Chace Crawford (Nate!!!) pegou o papel. E desistiu logo em    seguida. Com tudo isso, era improvável que o filme passasse de um mero script, até o momento em que  Kenny Wormald surge.
Junto a ele, Julianne Hough (Rock of Ages) e o hilário Miles Teller (Divergente), em um filme empolgante e  bonito de se ver.

A história, todo mundo já conhece. Ren MacCormack chega a uma cidadezinha interiorana, após a morte de sua mãe, com uma fama de encrenqueiro. Como toda boa cidade de interior, a fofoca acontece rapidamente, e todos querem proteger suas filhas do troublemaker de Boston. Principalmente o Reverendo Moore (Dennis Quaid), que se sente responsável por toda a cidade após uma tragédia envolvendo  seu filho.

foot É justamente com a filha do Reverendo que Ren se envolve, Ariel Moore (Julianne  Hough), que  está perdida desde o acontecido com seu irmão. Esta é a receita para uma  infinidade de  problemas, que têm como principal a lei que o Reverendo e outros políticos da  cidade  aprovaram: era probido dançar na cidade. MacCormack, com seu melhor amigo Willard  (Miles  Teller) não pretende deixar que essa proibição seja eterna. E é aí que o filme se  desenrola, com  muitas questões conservadoras, com dilemas familiares e muito humor. O  personagem de  Teller é o responsável por esta última parte, e é impossível não rir a cada vez  que ele surge na  tela.

foot1

Não posso deixar de falar sobre a trilha sonora, claro. Para fãs de Country como eu, é emocionante ouvir Blake Shelton cantando Footloose, que embala uma das melhores cenas do filme. Victoria Justice (Victorious) e Hunter Hayes unem suas vozes em Almost Paradise. Além das exclusivas para o filme, a trilha conta com CeeLo Green, Wiz Khalifa, Smashing Pumpkins e Zac Brown Band.
Com números de dança maravilhosos e boas mensagens por trás dos diálogos e acontecimentos do filme, Footloose – Ritmo Contagiante, é uma boa pedida. E o download da trilha sonora também!
Diretor: Craig Brewer
Roteirista: Dean Pitchford
Duração: 113 minutos
Elenco: Kenny Wormald, Julianne Hough, Dennis Quaid, Miles Teller, Kim Dickens, Andie MacDowell.

P.S: Miles Teller e Zac Efron acabaram trabalhando juntos. Are We Officially Dating?, sem tradução oficial, deverá ser lançado ano que vem. Dennis Quaid e Zac também já foram co-stars em At Any Price, que estreia ainda este ano.

Para Footloose – Ritmo Contagiante, dou 4 baldes de pipoca! (boa parte pela trilha do filme, preciso dizer).

Resenha: Um Homem de Sorte - Nicholas Sparks