Resenha: Footloose – Ritmo Contagiante

foot2
Todo fã de musicais e todo cinéfilo de plantão já assistiu Footloose com Kevin Bacon algumas dezenas  de vezes. E como todo filme que deu muito certo no passado, um remake foi anunciado. Houve muita  confusão antes das gravações desse filme. O papel era de Zac Efron (naquela época, ele havia acabado de  filmar High School Musical 3), e com toda a pressão em cima dele do tipo “será que ele é só uma carinha  bonita? Será que é só um dançarino?”, ele acabou desistindo, para optar por papeis mais dramáticos, como  no filme Eu e Orson Welles. Quando Zac saiu, Chace Crawford (Nate!!!) pegou o papel. E desistiu logo em    seguida. Com tudo isso, era improvável que o filme passasse de um mero script, até o momento em que  Kenny Wormald surge.
Junto a ele, Julianne Hough (Rock of Ages) e o hilário Miles Teller (Divergente), em um filme empolgante e  bonito de se ver.

A história, todo mundo já conhece. Ren MacCormack chega a uma cidadezinha interiorana, após a morte de sua mãe, com uma fama de encrenqueiro. Como toda boa cidade de interior, a fofoca acontece rapidamente, e todos querem proteger suas filhas do troublemaker de Boston. Principalmente o Reverendo Moore (Dennis Quaid), que se sente responsável por toda a cidade após uma tragédia envolvendo  seu filho.

foot É justamente com a filha do Reverendo que Ren se envolve, Ariel Moore (Julianne  Hough), que  está perdida desde o acontecido com seu irmão. Esta é a receita para uma  infinidade de  problemas, que têm como principal a lei que o Reverendo e outros políticos da  cidade  aprovaram: era probido dançar na cidade. MacCormack, com seu melhor amigo Willard  (Miles  Teller) não pretende deixar que essa proibição seja eterna. E é aí que o filme se  desenrola, com  muitas questões conservadoras, com dilemas familiares e muito humor. O  personagem de  Teller é o responsável por esta última parte, e é impossível não rir a cada vez  que ele surge na  tela.

foot1

Não posso deixar de falar sobre a trilha sonora, claro. Para fãs de Country como eu, é emocionante ouvir Blake Shelton cantando Footloose, que embala uma das melhores cenas do filme. Victoria Justice (Victorious) e Hunter Hayes unem suas vozes em Almost Paradise. Além das exclusivas para o filme, a trilha conta com CeeLo Green, Wiz Khalifa, Smashing Pumpkins e Zac Brown Band.
Com números de dança maravilhosos e boas mensagens por trás dos diálogos e acontecimentos do filme, Footloose – Ritmo Contagiante, é uma boa pedida. E o download da trilha sonora também!
Diretor: Craig Brewer
Roteirista: Dean Pitchford
Duração: 113 minutos
Elenco: Kenny Wormald, Julianne Hough, Dennis Quaid, Miles Teller, Kim Dickens, Andie MacDowell.

P.S: Miles Teller e Zac Efron acabaram trabalhando juntos. Are We Officially Dating?, sem tradução oficial, deverá ser lançado ano que vem. Dennis Quaid e Zac também já foram co-stars em At Any Price, que estreia ainda este ano.

Para Footloose – Ritmo Contagiante, dou 4 baldes de pipoca! (boa parte pela trilha do filme, preciso dizer).

Resenha: Um Homem de Sorte - Nicholas Sparks

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s