Resenha: “You’re the one that I want” – Giovanna Fletcher

Índice

Preciso começar essa resenha dizendo que não é fácil ser ou pelo menos eu acho que não, né o livro lido depois de uma leitura surpreendentemente incrível. A pressão é enorme. Ou deve ser. A questão é que “You’re the one that I want” foi o primeiro livro que li depois de “We Were Liars”, então preciso levar em consideração o quanto eu esperava dessa leitura e o que o livro realmente me ofereceu.

You’re the one that I want é o segundo livro da Giovanna Fletcher (Billy and Me) e, sendo bastante sincera, não traz nenhum elemento novo. É a história de um triângulo amoroso bastante simples, entre três melhores amigos de infância, e tem conflitos que poderiam ser resolvidos em, no máximo, 100 páginas – não nas mais de 300 que a versão original tem. Se você simpatiza com a Inglaterra – onde a história acontece – isso pode ser um ponto a favor do livro, já que a história se passa em diferentes cenários ingleses. E que vão te deixar querendo conhecer o país ou ir lá outras 1000 vezes, só pra constar.

Você acompanha a história a partir de dois pontos de vista: o de Maddy, uma garota de nove anos que acaba de se mudar para uma cidade pequena e tem problemas de confiança – como qualquer outra criança nessa idade – e Ben, o garoto que troca um olhar tranquilizante com Maddy durante sua apresentação na nova turma da escola. Ao lado dele estava seu melhor amigo, Robert, e juntos decidiram que a nova garota seria a mais nova amiga deles. Não demorou para que se tornassem muito próximos e inseparáveis, um verdadeiro tripé, como Giovanna bem definiu.

Enquanto Robert é o líder do trio, super confiante e um verdadeiro arrasa-corações, Ben é tímido, um seguidor nato, que não tem coragem de admitir para Maddy que é apaixonado por ela – por puro medo de estragar a relação de amizade entre os três. Mas não é só isso: Ben foi abandonado pelo pai ainda cedo, o que fez com que crescesse nele o medo de não ser aceito. É por tudo isso que ele guarda seu maior segredo – o nome da dona do seu coração – por vários anos, até saber que a turma deles fará uma viagem para Paris. É lá que Ben planejava contar tudo para Maddy, bem no topo da Torre Eiffel, mas seus planos são impedidos por algo completamente inesperado por ele: Robert e Maddy se apaixonam durante a viagem.

É assim que Ben guarda seu segredo por mais alguns anos até uma noite regada a bastante álcool, quando abre seu coração para Maddy e faz com que ela fique em dúvida sobre com quem realmente ficar: Robert, seu namorado há cinco anos, que a entendia tão bem, mas tinha pisado feio na bola – ou Ben, o sensível e engraçado Ben, que sempre esteve ao lado dela nos momentos mais importantes de sua vida. Confesso que tive uma imensa dificuldade para decidir entre #TeamRobert ou #TeamBen, uma vez que ambos amavam Maddie e ambos cometeram erros em relação à Maddie.

Para “You’re the one that I want”, por não ter fugido do clichê e pela falta de reviravoltas na história, dou dois baldes de pipoca.

739f7-pipoca_01739f7-pipoca_01

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s