Resenha: O Lado Feio do Amor – Colleen Hoover

oladofeioSinopse: Quando Tate Collins se muda para o apartamento de seu irmão, Corbin, a fim de se dedicar ao mestrado em enfermagem, não imaginava conhecer o lado feio do amor. Um relacionamento onde companheirismo e cumplicidade não são prioridades. E o sexo parece ser o único objetivo. Mas Miles Archer, piloto de avião, vizinho e melhor amigo de Corbin, sabe ser persuasivo… apesar da armadura emocional que usa para esconder um passado de dor.

O que Miles e Tate sentem não é amor à primeira vista, mas uma atração incontrolável. Em pouco tempo não conseguem mais resistir e se entregam ao desejo. O rapaz impõe duas regras: sem perguntas sobre o passado e sem esperanças para o futuro. Será um relacionamento casual. Eles têm a sintonia perfeita. Tate prometeu não se apaixonar. Mas vai descobrir que nenhuma regra é capaz de controlar o amor e o desejo.

Essa é uma história de amor diferente, passa longe da típica história romântica que estamos acostumados a ler. Geralmente, os protagonistas se apaixonam e vão construindo uma relação de amor ao longo do livro, certo? Nessa história, um dos protagonistas sequer sabe que pode amar. Ele já amou, e muito. Amou mais do que imaginava possível. Viveu uma paixão proibida, avassaladora, que mudou a sua vida e a sua relação com a família. Mas isso acabou de forma trágica. Tão trágica que Miles Archer se tornou incapaz de amar novamente.

Seis anos depois de um evento que deixou sua vida de pernas pro ar, Miles Archer é um dos pilotos mais competentes da companhia aérea onde trabalha, ainda é amigo do seu melhor amigo de infância e passa as noites de quinta-feira jogando com ele e seu vizinho, que também é piloto, Corbin. Para esquecer os problemas em terra firme, Miles prefere voar. Voar por horas a fio, voar sem parar, sem deixar tempo algum para um relacionamento amoroso. Mas por qual motivo um rapaz novo, bonito, inteligente, com uma carreira promissora, não consegue se envolver com alguém? Vamos conhecer a razão de tudo isso em capítulos alternados, quando um é narrado pelo Miles de seis anos antes e o outro é narrado pelo verdadeiro furacão que vai atingir sua vida simples, Tate Collins.

Tate é uma jovem enfermeira que se muda para São Francisco para fazer um tão sonhado mestrado. Até conseguir se organizar financeiramente, Tate resolve morar com o irmão, Corbin, um cara super protetor que era o terror de todos os namorados de Tate na escola. Ao entrar no prédio pela primeira vez, Tate conhece Cap, um senhor de 80 anos que trabalhou como zelador a vida inteira e simplesmente não consegue abandonar o ofício. Ela vai desenvolver uma amizade fofa com ele que vai arrancar boas risadas e reflexões dos leitores. Ao chegar na porta do apartamento, Tate é surpreendida ao ver alguém deitado próximo a porta do irmão. Alguém que está bastante bêbado e, por isso, a assusta bastante. Mal sabia ela que aquele encontro ia levar a sua vida para uma direção completamente diferente da que imaginava. O cara é Miles Archer.

Há algo de intrigante em Miles Archer que tira o juízo de Tate. Há algo por trás daquela postura forte, daquela armadura impenetrável, que ela deseja conhecer. Mas ele não cede. Bem, até embarcar em uma viagem para a casa dos pais de Tate e Corbin na comemoração do Dia de Ação de Graças. É lá que Tate descobre que a atração que sente por Miles é mútua e onde todo o acordo começa. Todas as regras.

Sem contar a Corbin, os dois começam a se encontrar sempre que Miles está em casa. As faíscas entre eles são altamente explosivas. Quando os dois estão juntos, é como se o mundo não existisse, apenas aquele apartamento e aquelas duas pessoas. Eles não conseguem esconder um do outro o quanto gostam de fazer o que estão fazendo, mas Miles não dá esperança alguma de que aquilo possa evoluir para algo mais sério, o que intriga Tate ainda mais. Em alguns momentos, ela se sente mal, humilhada por estar num “relacionamento” sem expectativa alguma, sem carinho, sem conversa. Mas há algo em Miles que Tate não desiste de desvendar.

Tate. – sussurra. – Sei que vou me arrepender de dizer isso, mas quero que escute. – Ele afasta-se o suficiente para que seus lábios encostem no meu cabelo e me abraça com força mais uma vez. – Se fosse capaz de amar alguém… esse alguém seria você.  Página 263

É essa insistência que vai tirá-lo de uma zona de conforto, de uma verdadeira bolha onde se escondia por seis anos. É a alegria que conviver com Tate trouxe para a sua vida que vai fazê-lo questionar tudo e revisitar as memórias para tentar entender como ele deixou de ser capaz de sentir. A história é uma verdadeira jornada em busca da vida e do merecimento de um sentimento tão essencial como o amor.

Tate. – Ele está de frente para a porta, e não se vira para terminar a frase. – Às vezes, o espírito de um homem simplesmente não é forte o suficiente para aguentar os fantasmas do passado. – Cap abre a porta do apartamento e entra. – Talvez aquele garoto tenha apenas perdido o espírito no meio do caminho.  – Página 235

A escrita de Colleen é rápida, fluida e vai te fazer querer devorar o livro (abdicando até do sono sagrado, prepare-se!). Além disso, ela faz parte de um grupo de novas autoras que está inovando na maneira de escrever. Esqueça os parágrafos justificados, construídos milimetricamente. Colleen brinca com as letras, com os significados das palavras e as formas. Eu arriscaria dizer que ela flerta com os poemas concretos, principalmente com o movimento das letras nas páginas.

Para “O Lado Feio do Amor”, de Colleen Hoover, publicado no Brasil pela Galera Record, dou cinco baldes de pipoca. etiqueta_do_saco_da_pipoca_dos_desenhos_animados_autocolante-r9e10f8a2bfe640d4a382334587bd1253_v9waf_8byvr_512etiqueta_do_saco_da_pipoca_dos_desenhos_animados_autocolante-r9e10f8a2bfe640d4a382334587bd1253_v9waf_8byvr_512etiqueta_do_saco_da_pipoca_dos_desenhos_animados_autocolante-r9e10f8a2bfe640d4a382334587bd1253_v9waf_8byvr_512etiqueta_do_saco_da_pipoca_dos_desenhos_animados_autocolante-r9e10f8a2bfe640d4a382334587bd1253_v9waf_8byvr_512etiqueta_do_saco_da_pipoca_dos_desenhos_animados_autocolante-r9e10f8a2bfe640d4a382334587bd1253_v9waf_8byvr_512

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s