Você precisa assistir La La Land

Olá galera do Livro & Pipoca! O post de hoje traz um vídeo muito especial: minha review de La La Land, o novo filme do diretor Damien Chazelle (do maravilhoso Whiplash) estrelado por ninguém mais ninguém menos que Emma Stone e Ryan Gosling. Aperta o play aí, vai!

Advertisements

Hollywood Stop #3 – Teen Choice Awards 2012

A Universal está lotada, as celebridades enchem a timeline do twitter com fotos misteriosas sobre seus vestidos e acompanhantes e os Trending Topics estão lotados de mensagens de apoio aos famosos do momento. Sim, bem-vindos à noite do Teen Choice Awards 2012!


Já peço desculpas pela minha visão “crítica” da premiação, pois já assisto desde 2007 e “meio que sei” o que já aconteceu por lá, o que deu certo ou errado e o que fez sucesso.
Logo no tapete rosa  (sim, ROSA! Já foi verde e azul em edições passadas) me assustei com a quantidade de estrelas apagadas que circulavam por ali. Vi a maravilhosa (e cara da infância) JoJo, além das gêmeas daquele filme que SEMPRE está passando na Globo, Twitches – Bruxinhas Gêmeas.

Em seguida, estrelas que sempre estiveram lá, como Selena Gomez, Demi Lovato, Taylor Swift e Zac Efron também surgiram. Demi era a apresentadora da noite juntamente a Kevin McHale (Glee) e apesar de gostar dos dois, não deu certo. MESMO. Não havia sintonia, o que resultou em vários momentos quando eles não tinham nem o que falar! O número de abertura com dançarinos do Step Up Revolution poderia ter sido bem mais animado. Até a surpresa de aniversário para Selena Gomez deixou a desejar. Suas duas melhores amigas, Demi e Taylor – além do namorado Justin Bieber – estavam presentes e nem por isso a produção cedeu um microfone para que eles animassem a homenagem.

Um momento bastante sem sentido foi quando Simon Cowell e Britney Spears (além de L.A Reid) surgiram no telão desejando boa sorte à Demi, [para quem não sabe, ela é a nova jurada do X-Factor, sendo assim, “colega” dos três]. Claramente para fazer propaganda de algo que já é bastante assistido. Em seguida, Kevin tentou fazer uma audição para o programa em pleno palco, cantando e… peraí, AQUELA é a voz do Kevin?

O No Doubt surgiu com um toque de reggae e não agradou. Não é o público da banda. As pessoas estavam ali para ver Justin Bieber! Ou One Direction, que infelizmente não estava lá mas mandou um vídeo de agradecimento engraçadíssimo por terem ganhado Choice Love Song por “What Makes You Beautiful“. 

Falando em Justin Bieber, ele ainda não conseguiu acertar Boyfriend ao vivo e quando eu pensei que seria um total desastre, ele surgiu com “As Long As You Love Me” e arrasou! A voz estava legal, a coreografia incrível e até uma homenagem a Michael Jackson no final, quando ele fez a pose famosa do Rei do Pop no final da música. Empolgou. Selena Gomez e Taylor Swift pularam, tietaram, cantaram e surtaram com Justin.

O trio de Crepúsculo subiu para agradecer um prêmio pelo “conjunto da obra”, mas também não funcionou. Outros atores do filme como Nikki Reed, Jackson Rathbone e Peter Faccinelli estavam na platéia e nem sequer foram mencionados pelos três. Fora, que no final do “discurso” Robert Pattinson e Kristen Stewart deram suas pranchas para pessoas da platéia. ISSO MESMO! DERAM! Não é de hoje que Kristen não mostra o mínimo de importância em relação aos prêmios que os fãs sofrem para homenageá-los.

FloRida levantou a galera com Sia em Wild Ones, além do DJ de Jersey Shore. Nada comparado ao fenômeno revelado pelo próprio Justin (e vale salientar que a revelação foi maior que o revelador por meses na lista da Billboard) – Carly Rae Jepsen com Call Me Maybe enquanto no telão as celebridades presentes faziam cover da música chiclete.

The Vampire Diaries levou seis pranchas para Atlanta, incluindo Choice TV Show para o elenco, Choice TV Actor e Hottie para Ian Somerhalder e “Homem que Rouba a Cena” para Michael Trevino. A versão feminina foi de Candice Accola, enquanto Nina Dobrev foi para casa com Choice TV Actress.






The Hunger Games levou melhor beijo para 
Jennifer Lawrence e Josh Hutcherson, estes que levaram também Choice Movie Actor/Actress Sci-Fi , Choice Villain para Alexander Ludwig, “Rouba a Cena no Cinema” para Liam Hemsworth além de Choice Book e Choice Movie para Jogos Vorazes. Alguém duvida quem vai dominar completamente depois que a saga Crepúsculo acabar?

Glee levou 3 pranchas e a diva Emma Stone levou 2 mesmo sem estar presente. Pretty Little Liars estava em peso com Shay Mitchell, Ashley Benson, Lucy Hale e até – acredite! – Troian Bellisario. Os maravilhosos Ian Harding, Keegan Allen e Tyler Blackburn também estavam lá e levaram a prancha de Drama de TV para casa.

Um prêmio sem-noção foi dado a Miranda Cosgrove por suas “ações de caridade” – o Acuvue Award, no entanto, não mostraram nenhuma ação da garota de iCarly.
Sem qualquer surpresa nos vencedores, sem apresentações que fizessem valer a pena correr no Youtube e assistir outra vez ou qualquer momento constrangedor das celebridades, o Teen Choice de 2012 é totalmente esquecível, mas fica aí o exemplo para que outras premiações não caiam na mesma situação. 

Globo de Ouro 2012 – As Indicações

Começou a briga por indicações, menções e homenagens em Hollywood. Recentemente, foram liberadas as indicações ao SAG Awards, que premia os melhores em Filme e Séries. Numa escala de importância, diríamos que está SAG < Globo de Ouro < Oscars. Pois bem, hoje saíram as indicações ao Globo de Ouro! E você vai saber aqui no Livro e Pipoca os lembrados, os esquecidos e a minha revolta com algumas indicações e não-indicações também. Sejam bem vindos a temporada de premiações de Hollywood, a minha época favorita de todas as premiações!



Algumas das Categorias, a lista completa você encontra aqui: http://www.huffingtonpost.com/2011/12/15/golden-globe-nominations-2012_n_1150049.html

Melhor Filme – DRAMA
– War Horse
– The Ides of March
– The Help
– Moneyball
– Hugo
Nem preciso dizer qual é o meu favorito, né? The Help! Mas acho que a briga vai ficar entre Hugo e Ides of March. 
Melhor Filme – Comédia
– The Artist
– 50/50
– Bridesmaids
– My Week With Marilyn
– Midnight in Paris

Eu queria saber desde quando 50/50 é comédia, e My Week With Marilyn também! De qualquer forma, essas são minhas 2 apostas nessa categoria!
Melhor Ator – Drama
– George Clooney – The Descendants
– Brad Pitt – Moneyball
– Leonardo DiCaprio – J. Edgar
– Ryan Gosling – The Ides of March
– Michael Fassbender – Shame
Uma coisa eu aprendi nesses poucos 4 anos que acompanho as premiações de Hollywood. O mais conhecido nunca ganha. Embora minha aposta seja Ryan Gosling em The Ides of March, deve sair pra esse tal de… Fassbender? haha
Melhor Ator – Comédia
Jean Dujardin – The Artist 
Brendan Gleeson – The Guard
Owen Wilson – Midnight in Paris
Joseph Gordon-Lewitt – 50/50
Ryan Gosling – Crazy, Stupid, Love
OH NO! Eu escolheria entre Joseph em 50/50 [lindo filme, sério] e Ryan em Crazy Stupid Love, porque ele está simplesmente hilário. Porém, mais uma vez, algum dos dois primeiros desconhecidos vai levar.
Melhor Atriz – Drama
Viola Davis – The Help
Meryl Streep – The Iron Lady
Tilda Swinton – We Need To Talk About Kevin
Rooney Mara – The Girl With the Dragon Tattoo
Gleen Close – Albert Nobbs
VIOLA DAVIS VIOLA DAVIS VIOLA DAVIS VIOLA DAVIS VIOLA DAVIS!!! Se eu votasse, seria VIOLA DAVIS haha. E ela tem grande chance MESMO! E acho que a briga fica entre ela, Tilda e Meryl.
Melhor Atriz – Comédia
Michelle Williams – My Week With Marilyn
Jodie Foster – Carnage
Kate Winslet – Carnage
Charlize Theron – Young Adult
Kristen Wiig – Bridesmaids
Michelle Williams e não se fala mais nisso.
Melhor Série de TV – Drama
American Horror Story
Boardwalk Empire
Boss
Game of Thrones
Homeland
NENHUMA! NENHUMA DESSAS! Deve ir pra Game of Thrones pela história e super produção.
Melhor Série de TV – Comédia
New Girl
Enlightened
Episodes
Glee
Modern Family
Modern Family é muito bom, mas já ganhou demais haha. Glee merece estar aí, mas na minha opinião, ela está melhorando nesses últimos episódios… Nunca ouvi falar em Episodes [desculpe a ignorância] e NEW GIRL? NEW GIRL? NEW GIRL? Estava faltando série pra indicar? Pelo amor de Deus! 

Revoltas da Blogueira:

Cadê EMMA STONE por The Help? 
Matthew Morrison por Glee?
Revenge nas categorias de Série de TV?

Enfim. Espero que a Academia seja mais feliz em suas indicações! Façam suas apostas! Quem vocês acham que ganha? Ou quem vocês acham que deveria ter sido indicado ou indicada e não foi? 

Pra Assistir Com Pipoca: "Historias Cruzadas"

 “Um ato de coragem pode transformar tudo.” Isso é o que eu chamo de frase “que fala por si só”. Sejam bem vindos ao #1 Pra Assistir Com Pipoca, parte do blog onde eu falarei sobre filmes que já foram lançados em DVD, darei minhas pipoquinhas e tentarei chamar sua atenção para o filme! Caso seja bom, haha. Mas nesse primeiro post, vocês encontrarão um filme que ainda não estreou por aqui, mas já podem ir se preparando!





Começo com “Histórias Cruzadas”, baseado no best-seller The Help, onde Emma Stone e Viola Davis formam uma dupla incrível e te fazem chorar e rir também, mesmo que você esteja assistindo ao filme sozinha, na escuridão do seu quarto [como eu]. 


Emma interpreta Skeeter, uma jovem recém formada da cidade de Jackson, Mississipi. Em 1960, ela é o que se pode chamar de “jovem rebelde”. Retornando da faculdade, descobre que a secretária negra de sua casa, que foi praticamente quem a criou, foi despedida. E seus pais dizem que foi ela quem pediu demissão. Inspirada em Constantine [a secretária que a criou], Emma procura Aibileen, secretária de sua melhor amiga Hilly ao ser contratada para uma coluna no jornal local, onde deveria responder a perguntas sobre serviços domésticos.


Skeeter vai além. Tem a incrível ideia de escrever a história de Aibileen como uma secretária negra, tendo que passar por todo o preconceito e constrangimento de não poder inclusive usar o mesmo banheiro que os brancos. Aos poucos, Skeeter conquista a confiança de Aibileen, e esta começa a escrever também. Juntas, as duas conseguem trazer outra pessoa ao time escritor, a engraçada Minny Jackson. O trio troca os nomes verdadeiros e começa a escrever, mas Skeeter tem um prazo de entrega do livro, ou caso contrário não seria contratada pelo emprego de seus sonhos em NY, e sua editora não queria somente duas histórias. Queria mais, queria doze. 

Ao longo do filme, delicie-se com a resposta de Aibileen e Minny às crueldades de Hilly e suas subordinadas, e divirta-se com a animação de Skeeter para seu primeiro encontro, com Stuart, amigo do marido de Hilly.
De cara, Skeeter é super sincera com ele, e o conquista. 


Após uma série de escândalos, de opressões em relação aos negros, mais secretárias resolvem ajudar Skeeter, e assim, “Histórias Cruzadas” é escrito, virando um best-seller ainda durante o filme. Não vou contar mais. Assistam o trailer abaixo e depois me contem se realmente valeu a dica! Espero que sim!

5 PIPOCAS para “Historias Cruzadas”. Seriam quatro baldes e MEIO, porque o final amoroso de Skeeter não existe, por mais que você torça o filme inteiro!