Resenha: “Para onde ela foi” – Gayle Forman (Novo Conceito)

para-onde-ela-foi-frente_3.jpg.1000x1353_q85_cropOK, preciso começar essa resenha fazendo uma confissão: não li “Se Eu Ficar”, fui direto para a versão cinematográfica da história – algo até então inédito para mim. Por não ter lido o livro, não conseguia compreender o hype da coisa toda (e a contagem regressiva para o filme com a Chloe Grace Moretz), então foi provavelmente por isso que no dia da estreia eu estava na fila do cinema, me preparando psicologicamente para acompanhar as legendas em Português de Portugal (nada fácil, caros leitores). Era mais uma tentativa de entender todo o alvoroço e ansiedade da minha timeline do Twitter que interesse no filme, devo admitir. Tá, colocar “Say Something” no trailer foi um golpe baixo, mas mesmo assim eu não estava esperando grande coisa. Bem, eu não poderia ter me surpreendido mais. Logo nas primeiras cenas do filme eu já estava completamente dentro do mundo de Mia Hall, a jovem violoncelista filha de pais punks que desperta o olhar do roqueiro (um tanto misterioso) Adam Wilde.

Se você ainda está lendo essa resenha, provavelmente leu “Se Eu Ficar” ou viu o filme, então [ALERTA DE SPOILERS] sabe que a história de amor de Mia e Adam não é muito simples e acaba sendo interrompida – enquanto eles estavam em crise – pelo acidente de carro que mata os pais de Mia e seu irmãozinho Teddy. Durante o período em que esteve em coma no hospital, a jovem prodígio teve a companhia dos avós, da melhor amiga Kim e de Adam, que acaba fazendo uma promessa bastante difícil – que é exatamente o que dá origem ao segundo livro.

Na sequência, que acontece três anos após o trágico acidente, somos apresentados ao ponto de vista de Adam (ele é o narrador) e, além de novos acontecimentos, Gayle brinca com flashbacks que acabam mostrando a versão de Adam de vários momentos do primeiro livro. Há espaço também para o que aconteceu logo depois dos momentos finais de “Se Eu Ficar”, então o livro tem uma espécie de vai-e-volta que é bastante característico do Cinema e acaba conferindo uma característica única ao enredo.

Três anos depois, Adam Wilde tem status de super estrela – graças ao sucesso da sua banda, Shooting Star, e do álbum que compôs logo após do “término” com Mia. Com vários Grammys, VMAs e outros prêmios no currículo, ele ganhou ainda mais notoriedade quando começou a namorar a estrela do cinema Bryn Shraeder – que tem uma descrição compatível a Megan Fox. Sua vida estampa as capas das mais variadas revistas de fofoca, paparazzi estão na sua cola 24 horas por dia e tudo isso é sufocante para ele – e acaba contribuindo para um tipo de fobia a entrevistas, repórteres e afins (poxa, Adam!).

Enquanto vive um relacionamento sem amor e uma grande crise com o resto da banda, Adam é entrevistado por uma jornalista e acaba surtando quando ela cita o nome de Mia. Até então, ele havia evitado de todas as formas revelar que teve um passado com ela para protegê-la de toda a loucura midiática, mas Mia se torna cada vez mais conhecida no mundo musical e protegê-la não é mais possível. É exatamente nesse dia que Adam descobre que Mia se apresentará no prestigiado Carnegie Hall e, sem pensar direito, compra um bilhete para assisti-la de longe. É a primeira vez que ele a vê desde que Mia foi para a Juilliard e deixou de repente de falar com ele.

A intenção do Wilde Man – seu apelido dentro da banda e nos tablóides – era passar despercebido naquela plateia formada por amantes da música clássica que dificilmente teriam sequer ouvido falar na Shooting Star. Ele não contava com o fato de vários funcionários terem o reconhecido e com a fofoca chegando aos ouvidos de Mia.

O que acontece quando os dois finalmente se reencontram? Bem, você só saberá lendo o livro (longe de mim estragar toda essa emoção!). Apesar de ter uma história coesa, sem fios soltos e diferente de outras leituras que eu já tenha feito, duas coisas me incomodaram durante a leitura: a visão um tanto estereotipada de um astro do rock – só faltava o Adam usar drogas ilícitas – e a maneira com que os avós de Mia são jogados de escanteio. Sim, é Adam quem narra o livro, mas acredito que a história poderia ter rendido ao menos dois parágrafos sobre os avós.

Como infelizmente não temos um CD da Shooting Star no mundo real, resolvi fazer uma playlist com as músicas que me vinham à mente enquanto lia a história. Preciso dizer que 1989 da Taylor Swift é o casamento ideal com o enredo e pelo menos três músicas do álbum estão na lista.

01 – I Know Places – Taylor Swift

02 – Thinking Out Loud – Ed Sheeran

03 – 18 – One Direction

04 – No Good In Goodbye – The Script

05 – Wildest Dreams – Taylor Swift

06 – All You Had To Do Was Stay – Taylor Swift

07 – Sad Serenade – Selena Gomez

Você pode ouvir a playlist aqui.

5 baldes de pipoca para o também best-seller “Para Onde Ela Foi”, de Gayle Forman, publicado no Brasil pela editora Novo Conceito.561a7-5pipocas

Advertisements

Novidades no Mundo Literário – Novo Conceito

Hello, bookaholics!!! Estou de volta! Demorei, mas cheguei! Alguém aí ainda lembra que eu existo? Estou fazendo hoje o primeiro “Novidades no Mundo Literário”, que se Deus quiser logo terá outro nome e outra cara, mas por enquanto eu precisava atualizá-los do que está rolando, e nada melhor que começar com a Novo Conceito, que está anunciando um sucesso atrás do outro via twitter e digo mais: AS CAPAS ESTÃO CADA VEZ MAIS LINDAS!


Lembram quando eu contei pra vocês sobre o filme “The Vow”, com o Channing Tatum e a Rachel McAdams? Então! A Novo Conceito está lançando o livro que deu origem ao filme, traduzido como “Para Sempre” aqui no Brasil! 


Aqui ao lado é a belíssima capa para o livro de Kim e Krickitt Carpenter, um casal da vida real [SIM, DA VIDA REAL!] que tem uma das histórias mais belas que já existiram e decidiram dividir com o mundo o que passaram, dois meses após o casamento, quando um acidente de carro deixou Krickitt em coma e a fez perder boa parte da memória, justamente a que incluía seu marido Kim. 


Se você acha que ela vai bater a cabeça outra vez e vai lembrar de tudo, é aí que você se engana. Se você acha que um beijo mágico vai fazer com que ela saiba quem o marido é, também não é por aí.


A história tem como base a força de vontade e a grandeza do amor de Kim, que irá fazer de tudo para reconquistar a esposa. São histórias como essa que colocam a gente a pensar, será que seríamos tão corajosos quanto Kim e estaríamos dispostos a fazer tudo outra vez, mesmo sem ter garantia de que daria certo? Até onde iríamos pelo amor? 


Até onde Kim foi você descobrirá no novo livro da Novo Conceito, que chega às livrarias na primeira quinzena de Março

Uma das minhas autoras favoritas volta aos lançamentos brasileiros com “Presentes da Vida”, e estou falando de ninguém menos ninguém mais que Emily Giffin!!! 


O mais especial desse livro é que ele conta a visão da personagem Darcy, de “O Noivo da Minha Melhor Amiga”, que foi narrado por Rachel, sua melhor amiga, que se envolveu com seu noivo, Dexter. Acontece que Darcy não era nenhuma santa, e ela estava traindo Dex com um amigo de trabalho – e não para por aí! Mas eu não posso contar mais nada, é trabalho e prazer de vocês irem comprar e ler “O Noivo da Minha Melhor Amiga”, que já tem filme [e eu já comentei aqui também!]. 


Darcy nunca teve problemas em conquistar alguém, um emprego, qualquer coisa. E quando seu mundo vira de cabeça pra baixo, ela se muda para Londres, onde esse seu “dom da conquista” não é mais tão bom assim. É lá que Darcy viverá essa história rumo ao encontro do seu verdadeiro amor – ou não, hein?


Estou muito ansiosa por esse livro também! Amo a Emily, amo os personagens dessa história e quero muito saber por outro ângulo o que aconteceu no “primeiro livro” e o que veio depois também! 


Assim como “Para Sempre”, esse livro também chega às livrarias na primeira quinzena de Março. E tem mais! Alguns passarinhos contam na internet que “Presentes da Vida” também poderá ser adaptado para o cinema em breve! 


Para fechar o post com as novidades da Novo Conceito, apresento-lhes “Um Mundo Brilhante”, de T. Greenwood, que, clicando aqui, você pode ler o trecho disponibilizado pela editora – para dar aquele gostinho de quero mais! 


Um Mundo Brilhante conta a história do professor Ben Bailey, que ao sair de casa num dia de neve para buscar seu jornal, encontra um jovem em seus últimos instantes de vida – e, junto a irmã dele, se dispõe a provar que a morte do rapaz foi um assassinato. 


Tudo isso leva Ben a questionar desde seu cotidiano, sua relação com a noiva, seu trabalho como professor de História até seu futuro já arquitetado, e o deixa dividido entre o certo e a liberdade, “a responsabilidade e a felicidade”, e algumas escolhas que podem “libertá-lo da delicada teia de mentiras que construiu”. 


Nem preciso dizer que também estou ansiosa para conhecer esse Mundo Brilhante, né? E essa capa maravilhosa e brilhante [por mais que soe redundante, haha]? Chega looooogo, Março!

Promoção de Férias Entre Amigas!!!

Hello Bookaholics! Além da promoção de “Liberte Meu Coração” que vocês tem a chance de participar, eu e mais 3 amigas blogueiras resolvemos presenteá-los com 3 livros! As maravilhosas Fernanda e Valery do Brilho das Estrelas e Jaira Line do Livros e Versos!


Serão 3 livros ( O Preço de uma lição – Brilho das Estrelas; Destino – Livro & Pipoca e Julieta Imortal – Livros e Versos) e 3 ganhadores e o 1º escolherá dentre os 3 títulos, o 2º dentre 2 e o 3º o restante.
A promo inicia hoje 06/01 e vai até 25/02, para todos terem tempo de participar!

 

 
 
S
igam as regras:

1 – Ser residente ou ter endereço fixo em território Nacional;
2 – Seguir os 3 blogs: BrilhodasEstrelasLivro&Pipoca e LivroseVersos ;
3 – Seguir os TT: @bdestrelas@JairaLine e @LivrosPipoca ;
4 – Curtir no Face: BrilhodasEstrelas ; Livro&Pipoca e LivroseVersos ; 
5 – Twittar a frase a cada 3 hs: “O destino de Julieta para se tornar imortal é pagar o preço de uma lição”
6 – Deixar um comentário neste post com nome de seguidor e email de contato. No caso de Twitter postar o link nos comentários.

Pronto é só participar e torcer!

Boa sorte!!!

Resenha em vídeo – O Preço de Uma Lição – Federico Devito e Gutti Mendonça

Pipoqueiros e bookaholics! Finalmente estou postando a resenha de “O Preço de Uma Lição” que eu vinha planejando fazer faz tempo! E resolvi fazer de uma forma diferente. Como eu ainda não tenho parceria com as editoras, e por isso não dá pra fazer uma caixa de correio do Blog, é dessa forma que vocês vão conhecer meu rosto! – Não que seja agradável, viu? haha



Então, espero que dê pra ouvir direitinho – foi o primeiro vídeo que fiz na webcam em toda a minha vida – caso contrário, um fone de ouvido ajuda E MUITO! Também espero que gostem e que eu conquiste mais alguns leitores e fãs para este livro incrível! 


Para “O Preço de Uma Lição”, dou 5 PIPOCAS! 



– O final aberto, os depoimentos, os desabafos, a descoberta de que um garoto pode amar e sofrer tanto quanto a gente e uma grande declaração de amor vai conquistar você da mesma forma que me conquistou. Estou pensando até em mudar meu nome de Carla para Juliana, o que vocês acham? =)